caso raro mas não único

No passado dia 21 de março, o "todaytonight" noticiou o desespero de uma mãe que, em onze meses, viu crescer o escroto do seu filho até ao tamanho de uma melancia.
Tratando-se de um assunto tão intimo, esta mãe sentiu-se encorajada a divulgar os seus esforços para encontrar uma solução para o seu filho, de 24 anos, porque a partilha de Wesley Warren Jr., fez com que se apercebesse que havia uma esperança e que o caso deste jovem, sendo raro, não é único.

Toda a reportagem aqui

apontamento de:
Manuela

No FB está aqui

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário é muito importante :)
Identifique-se sempre, por favor.
Muito Obrigada :)
Manuela (L de linfa)