Possibilidade de medicamento para o linfedema

A noticia está no Stanford Medicine News Center e revela que um estudo liderado por cientistas da Universidade de Standford encontrou o mecanismo molecular responsável que desencadeia o linfedema e o um medicamento que inibe esse processo.

Este estudo foi agora, a 10 de maio, publicado pelo Science Translational Medicine.

O médico da área vascular, Stanley G Rockson,  e a investigadora linfática, Tina Neil, referem que o processo que se julgava até agora irreversível é reversível.  Fazem ainda parte desta equipa, entre outros, o pneumologista  Mark Nicolls.

Segundo a opinião desta equipa, a linfa que se acumula não é apenas um problema da incapacidade do sistema linfático, como se julgava até aqui, mas sim um processo de inflamação que se revela dentro do tecido da pele.

Assim, está a ser testado desde maio 2016 um novo medicamento, conhecido como ULTRA, para o linfedema secundário mas também não está fora o linfedema primário.

A indústria farmacêutica já está a financiar estes estudos que começaram há quatro anos com dois objectivos diferentes: o do estudo da hipertensão pulmonar e o linfedema. O encontro destas duas equipas aconteceu no programa SPARK, da Stanford e o Bioquimico  Kevin Grimes apercebeu-se da matéria de estudos destas equipas distintas estabelecendo de imediato uma ponte.

"Ocorreu-me que ambas as doenças afectam os tecidos vasculares e têm fortes componentes inflamatórios" - disse Kevin Grimes

Já havia uma suspeita que o linfedema é uma doença inflamatória  mas os medicamentos e os seus efeitos colaterais foram uma preocupação. A conjugação das pesquisas destas duas equipas distintas vai agora complementando o estudo e abrindo respostas mais seguras.

Todo o artigo pode ser lido aqui

Manuela

12 comentários:

  1. E um princípio, sim, mas é a etapa essencial para se chegar aos resultados que tanto ansiamos.

    ResponderEliminar
  2. Tem previsão esse remedio?
    Quais os princípios ativos?
    Difícil conviver com linfedema :(

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não não tenho previsão.
      Entendo o que refere. Se está em Portugal junte-se À ANDLinfa (info@andlinfa.pt)

      Eliminar
  3. ola, meu nome e Yvan sou do Brasil
    tem alguma noticia da evolução dos estudos, alguma previsão?
    existe algum site onde eu possa acompanhar novas noticias?
    Obrigado

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa noite
      Não, na verdade não tenho mais novidades :(
      Obrigada pelo contacto

      Eliminar
  4. Boa noite .tenho uma filha de uma ano e 5 meses com linfedema e gostaria de saber mais sobre esse medicamento ou onde posso pesquisar .meu nome LOISE

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Boa tarde Loise:
      Tal como refere a noticia este medicamento ainda não está disponivel.
      O linfedema ainda não tem cura, mas este medicamento poderá a vir ser um caminho.
      Não sei de onde me está a escrever, mas se assim entender pode enviar-me um mail l.de.linfa@gmail.com e conversarmos em particular.
      Até já

      Eliminar
  5. Boa noite,qual o melhor remédio atualmente para aliviar os sintomas do linfedema?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Deve consultar o seu médico (mas no momento ainda não está disponível)

      Eliminar

O seu comentário é muito importante :)
Identifique-se sempre, por favor.
Muito Obrigada :)
Manuela (L de linfa)