do Perú até à Alemanha

Abraham e sua mãe
"Esta es la madre que Dios me dio, la mujer que me ha criado y me ha amado, la mujer que amo, con quien he reído, llorado, peleado, renegado y jugado, la madre que nunca quisiera cambiar, la madre que siempre estuvo para mí, la mujer que respeto y admiro, la amiga que quiero. Ella me vio nacer, me vio crecer. Esas sonrisas y miradas en la foto que tú y yo nos damos, expresan algo que nunca cambiará porque siempre estará el lazo irrompible que hay entre un hijo y una madre, el lazo que Dios puso, el lazo que Dios permitió, el lazo eterno. 
Te amo Mamá"
14 de maio 2017

Estas palavras foram escritas com o coração de Abraham, um peruano que tive  o privilégio de conhecer, na Floresta Negra.

Abraham nasceu em Lima, com linfedema num dos membros inferiores. E, desde logo, a sua mãe lutou para obter respostas inexistentes para o  estado de saúde do seu filho. A procura da solução levou-a a um programa de televisão onde, logo ali, começou a sua primeiras caminhadas na busca da cura para o seu filho, cura que, mais tarde, confirmou ser ainda inexistente.

Abraham já se submeteu a duas cirurgias, diz não terem sido o melhor caminho.

Um dia, lá no Perú, descobriu a Földi Klinik e o apoio necessário para ir até ali. Desde então, sempre que possível, vem até à Europa fazer os tratamentos que considera terem sido, até hoje, a melhor opção que tomou.

Este peruano, de fé vincada, sabe, por experiência, o caminho que tem de ser traçado para controlar o seu linfedema. Por isto, era muito frequente vê-lo, entre os tratamentos, a estudar arduamente o inglês. Era demasiado claro para Abraham que não poderia continuar a fazer viagens constantes entre Lima e  Hinterzarten e já tinha determinado que os seus estudos universitários e os seus meios de subsistência teriam de  ser obtidos na Alemanha, compatibilizando assim a resposta ao controlo da sua doença e os sonhos de ir mais além.

Este encontro, que aconteceu já faz um ano, certifica que os sonhos e a perseverança em os conseguir alcançar, tornam-se realidade. Abraham já estuda International Business and Economics, numa Universidade da Saxónia,  não tendo quase 11 000kms a separá-lo da ajuda imprescindível no cuidar do seu linfedema. Decerto não será fácil estar longe daqueles que ama, mas é um jovem focado no que é importante: cuidar da sua saúde, estudar, trabalhar para o seu auto sustento, esta é a caminhada que faz com a ajuda de Deus.

Hinterzarten,  março 2017

Sem comentários:

Publicar um comentário

O seu comentário é muito importante :)
Identifique-se sempre, por favor.
Muito Obrigada :)
Manuela (L de linfa)